Paper, glue, love.

Quando estou entediada, gosto de fazer colagens.
Tudo começou quando percebi que a quantidade de revistas que eu tinha estava se tornando impraticável e ocupando o espaço nas estantes onde deveriam estar livros. Resolvi encarar a árdua tarefa de analisar uma por uma e percebi que a maioria delas eu só guardava por causa de uma ou duas páginas. Recortei cuidadosamente essas páginas e as arquivei, economizando uma quantidade absurda de espaço.

Mas também existiam coisas que eu queria guardar e que não eram páginas, e sim pedaços de papel/tecido randômicos que eu não conseguiria arquivar de forma eficiente, mas que também não queria jogar fora. Pequenos souvenirs de viagens, bilhetes de cinema, avião ou teatro, flyers de festas, etiquetas de roupas queridas, selos bonitos, inspirações para roupas/decoração, figuras e fotos interessantes e várias outras coisinhas sem denominação que eu, por um motivo qualquer, não consegui pôr no lixo. Achei que a solução seria colar todos eles numa folha de papel para poder arquivar – e assim nasceu essa pequena coleção de colagens. Nada muito interessante ou artístico, porque não tenho o dom das artes e nem muitas coisas exóticas ou únicas. A maioria desses fiapos de memória têm valor só para mim, mas a pedidos eu resolvi compartilhar alguns.

image
image
image
image
image
image
image
image
image

Receitas e inspirações

Para mim a maneira mais simples de arquivar as colagens é usar fichários; basta perfurar as folha e guardar.

image

Esse aqui guarda inspirações de decoração; eu tinha muitas revistas sobre o assunto mas elas estavam começando a ocupar espaço demais, então resolvi manter apenas o que me interessava. Para não se perder, você pode colar post-its com anotações sobre a foto, detalhes, idéias, observações, etc.

image
image

Também é possível guardar receitas, artigos interessantes, inspiração de moda, maquiagem, o que quiser.

image
image