Vianden

Na cidade onde eu passei a infância havia um motel de nome LUXEMBURGO cujo letreiro trazia uma ilustração de um camarada descendo uma montanha num par de skis. Durante os meus dez primeiros anos de vida (ok, quinze) eu acreditei piamente nessa imagem e qual não foi minha decepção ao descobrir que aquele pequeno país era na verdade chato feito uma panqueca e não rolava um skiboard. Toda uma mística topográfica destruída em apenas uma olhada na legenda de relevo de um atlas escolar.

Vianden é uma pequena comuna no norte de Luxemburgo, fica às margens do rio Our e faz fronteira com a Alemanha – ou seja, está na única parte levemente “montanhosa” do país. Tem um castelo, 1800 habitantes, um restaurante de fondue, outro com um wiener schnitzel muito bom, uma creperia/sorveteria e… bem, digamos que apesar de skis serem itens supérfluos na mala do turista você não vai ficar com fome.

O castelo em estilo romanesco datado do século X está aberto a visitação – e vale a visita, tanto pela vista quanto pelo décor. À noite ele se ilumina e parece flutuar sobre a village.

A estátua de São Nepomuceno observa o rio do alto da ponte. .

E Victor Hugo está logo ali, do outro lado da rua. Como era frequentador assíduo e fez propaganda da cidade para o resto do mundo, ganhou museu próprio.

Gatos de Vianden:

No verão tem teleférico para o castelo e em Outubro a famosa Festa da Noz – bolo de nozes, biscoito de nozes, whisky de nozes, doces de nozes. Eu nem mesmo gosto de nozes, mas hey, qualquer desculpa é válida pra comer mais wiener schnitzel. ♥

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s