Isn’t it rich? Isn’t it queer?

A garota que achava super sussa pegar três ônibus pra chegar na faculdade e não via nada de mais em sair da balada de madrugada e ir esperar condução pra casa na Central do Brasil hoje em dia faz muxoxo e reclama porque o trem direto pro centro demora dez minutos pra chegar.

A velhice, meus amigos, lhes transforma em bananas.
Corram seus riscos agora.

Fazendo as malas para uma pequena “road trip” pelo continente. A trabalho, mas com alguns dias off.
Consegui alugar meu primeiro apartamento no AirBnB. A principal motivação era ter cozinha e poder preparar refeições (leia-se: esquentar sopas enlatadas no microondas). O apartamento tem uma varandinha linda e boa localização; espero que a gente goste de lá.

Canecas de ovelha da páscoa, cheias de marshmallow. É assim tão errado eu querer uma? E querer pelo menos três daqueles plushies? Mesmo que eu não tenha espaço e nem goste muito de expôr bichos de pelúcia?

A mulher que “tem pavor de gatos” mas que havia sido alocada para cuidar da minha enquanto eu estiver fora resolveu que não tem condições psicológicas. Eu super entendo fobias, e espero que respectivo não tenha essa magnífica ideia de novo no futuro. Mas cancelar o trato nas vésperas da viagem? Não foi legal.

BUT. Não vou negar o alívio.

A cat sitter já veio pegar as chaves. Virá diariamente.
Good.

image


O cocô terrorista.
Pinturas em miniatura. ♥
Necessito fazer esse bolo.
E esse aqui, também.
Esse aqui eu não tive a menor vontade de comer, mas ah, essas fotos…
Por que eu nunca terei uma casa organizada.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s