Lips like sugar.

Eu costumava guardar maquiagem no banheiro, mas leio por aí que isso estraga os produtos; não que eu de fato me importe; praticamente só uso produtos baratos, e se estragarem eu jogo fora e pronto. Mas nesse verão eu decidi fazer algo de diferente (infelizmente sem bons drink) e usar a minha penteadeira recém-pintada para alguma finalidade prática, ao invés de apenas decorativa. Trouxe toda a minha maquiagem pra cá:

Tudo nas gavetas. E, como eu não tenho muita coisa, coube e ainda sobrou espaço.

 photo c3.jpg

Dei uma arrumada na mesa; guardei coisas que eu não usava para criar espaço e aloquei esse vasinho para guardar pincéis e outras coisas que eu queira ter mais à mão.

Perfume preferido (Dolce Vita, Dior), amostra grátis do Chloé e alguns esmaltes.

Achei que nem tivesse muito batom, mas até que é número razoável. Aí embaixo a turminha da MAC: Dark Side, Fanfarre e Ruby Woo.

Depois da novidade acabei usando pouco; o Fanfarre demorou pra gastar e os outros dois estão longe do fim. Acho que não dou sorte com as cores; acho bonitas na loja mas em casa elas não funcionam. O Ruby Woo é reconhecidamente o batom com a pior textura do universo. Sei que é uma cor icônica, meio retrô e tal, mas aplicar é para as fortes.

Aí embaixo (e em cima!) da esquerda para a direita tem:

1. Um brilho gostosinho da Lancôme – com algumas partículas de glitter…
2. Meu batom preferido do momento, Hollywood Red, da Maybelline – que não é exatamente vermelho;
3. O velho de guerra da Dior (quase acabando): Rouge Epice/Spicy Red – guess what? nada vermelho também, mas com brilhos dourados de fundo que deixa uma cobertura cintilante bem bonita.
4. O Rose Passion da Rimmel (vermelho cereja)
5. Outro brilho da Lancôme, dessa vez em bastão (da linha Color Fever Shine), número 335. É um rosinha bem claro, mas brilhante e não deixa a boca com aquela textura grudenta de quem acabou de comer uma tigela de linguicinha calabresa.
6. Vinho Canela, VEEEEELHO da Avon, roubado da minha mãe (quem precisa de ladrão quando a sua própria prole subtrai os seus produtos??) porque eu adorava a cor. Que é bem parecida com o Hollywood Red (que inclusive foi comprado pra substituir o da Avon, que está quase no fim).

Aí embaixo tem essa coisa linda da YSL (embalagem mais bonita do universo?) e o baratinho da Kiko.

O YSL é da linha Rouge Volupté, cor número 03. E a cor do brilho da Kiko é 04 – muito bonita, meio nude, mas textura SUPER grossa. Chega a deixar os lábios colando.

A seguir os proletários (hahahaha):
1. Fat Balm da Eyeko (que já está fora de linha há tempos), sabor Strawberry. Aliás, olhando o preço dos produtos da Eyeko eu fico chocada ao lembrar de como eles começaram na humildade e do quanto tudo era baratinho. No more, baby. Eu não curto tanto usar como batom (muito grosso, difícil de aplicar) mas pra dar uma cor nas bochechas on-the-go é 10.
2. Lip tint da linha Rouge Hi-tech da Bourjois. Também MUITO velho (a maioria dos meus batons tem anos; demoro a gastar porque uso pouco). É vermelhinho. E meio fraco. Curto o aplicador, e só. Lembro que comprei esse porque a tampa do meu Benetint quebrou dentro da minha bolsa (embalagem vagabunda, hein, Benefit?), manchou tudo, eu perdi a bolsa, fiquei puta da cara e achei que esse seria uma opção mais segura. Segurança: yes. Cor: Erm…
3. Vagabundaço que eu comprei na Alemanha pra dar pra uma prima cafona (que, espero, não leia o meu blog) que me pediu um batom “cor de uva”. Bem anos 80. Acabei não conseguindo encontrar a prima quando estive no Rio, e como ela não se deu ao trabalho de me ver eu fiquei com o batom. A marca é de farmácia, mesmo (da época em que morei em Hannover e frequentava as filiais da Rossmann), se chama Rival de Loop e a cor é 107; um vinho tendendo ao rosa, de boa fixação. Tenho esmaltes e um removedor de make-up dessa linha e acho muito bons. :)
4. O tint gloss da Maybelline (cor Forever Coral) foi a decepção da leva. Quem manda comprar produtinho porque leu em blog, né? O aplicador é ótimo, o cheirinho idem, a cor bonita; mas aqui terminam as vantagens. A idéia era que o bagulho fixasse por 10 horas (linha Super Stay, de longa duração) mas tá mais pra 10 minutos, mesmo. Fail.
5. Outro ancião que eu ganhei num daqueles kits de make-up brinde. Linha Stay Perfect da Boots (cor Glace), um lilás com cobertura dourada. E olha, fica BEM dourado na boca. Lembra um dos meus esmaltes favoritos, o Imaginary Mauve da Dior. É muito bonito, mas meio bizarro e eu acho que não combina muito com a minha personalidade.

Agora esses baratinhos aí vivem na bolsa.

Linha Fruit Shine da Labello (equivalente europeu da Nivea), fácil de aplicar porque é brilho, dá uma corzinha light e levemente shiny sem deixar os lábios grudentos. Uso o tempo todo, especialmente no inverno. Esses são Framboesa, Goiaba e Morango. Infelizmente só encontro quando estou no continente (Alemanha, França, etc.) porque assim como no Brasil e nos EUA aqui na Inglaterra a gente tem a Nívea, que não tem muita variedade de cores. :(

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s