Only stay if I feel like home.

Outro dia, logo depois que voltei do Rio, estava saindo pra encontrar uma amiga e o frio me pegou no meio do caminho. Eu achava que estava vestida de acordo: calça, pulôver, camiseta por baixo do pulôver, jaqueta por cima de tudo, cachecol, chapéu, luvas, meias e bota. “O que diabos eu esqueci??” me perguntava, sem saber como justificar o frio tendo aparentemente seguido à risca as regrinhas sartoriais para essa época do ano. Daí me ocorreu: a única coisa que eu havia esquecido, nessas breves sete semanas de veranico carioca, foi COMO ERA SENTIR FRIO.

Relax. Pus os fones de ouvido. Australia, The Shins. A neve ainda não derretida da semana anterior (por conta do clima subzero) solidificada cantos das ruas. As luzes das casas começando a acender, os dias ficando mais longos novamente, a espera pelas primeiras snowdrops assim que a temperatura subir mais um pouco. Enfiei as mãos nos bolsos da jaqueta, assobiei alto e percebi que aquele era o momento quando, depois de uma temporada longe daqui, finalmente me sinto oficialmente de volta. And I was so very glad to be back.

Onde até pegar um engarrafamento pode ser um breve privilégio.

image
image
image
image
image
image
image

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s