Au revoir, enfants

Babies, indo pra Cape Cold now. Volto ano que vem (ou seja, em menos de 15 horas, hahaha).
Sério: os doidos que vão comigo devem voltar no domingo, mas como eu detesto praia e vou só pra beber em quiosque de orla e observar o movimento, devo me cansar disso lá pela sexta feira, mesmo. Mas não prometo nada.

Devidamente roubada e adaptada da F.:

+ o que você fez em 2003 que nunca fez antes?
hm… sei lá. Escolhi a cor da parede do meu quarto.

+ Você manteve as resoluções de ano novo de 2003, e fará novas para 2004?
Eu nunca faço isso. Perda de tempo.

+ Alguma pessoa próxima teve um bebê?
Acho que não.

+ Alguma pessoa próxima morreu?
Sim, sim.

+ Que lugares você visitou?
Bem poucos, pro falta de tempo. E eu estava gastando muito dinheiro com coisas idiotas. Em 2004, se eu continuar no trabalho, continuarei guardando grana – mas para coisas legais.

+ O que você gostaria de ter em 2004 que faltou em 2003?
Hm… qual o limite de caracteres dos posts?

+ Que data de 2003 vai ficar marcada em sua lembrança?
não foi um acontecimento legal.

+ Qual sua maior realização no ano?
Eu comprei uma coisa que eu queria muito. E aprendi a ser menos babaca – um pouco menos. E conheci gente nova legal. E acho que me livrei dos carmas de gente filhadaputa da internéte.

+ Qual foi o seu maior fracasso?
Emocionalmente falando, o ano foi meio pífio.

+ Você teve alguma doença?
Sim, mas tudo se resolveu bem. Nem doenças me aguentam por muito tempo.

+ Qual foi a melhor coisa que você comprou?
apesar de tudo, minha câmera.

+ Que comportamento mereceu comemoração?
nenhum.

+ Que comportamento foi deprimente?
o resto do mundo cabe numa resposta?

+ Pra onde foi a maior parte do seu dinheiro?
na manutenção desse computador.

+ O que te deixou realmente excitado:
fazer fotos e ouvir música boa.

+ que canções sempre vão te lembrar de 2003?
sei lá, eu só ouço coisa velha, mesmo… Mas ok, acho que esse foi o ano da Kelly Key.

+ Comparando-se com essa época, no ano passado, você está:
I. mais feliz ou mais triste? acho que na média.
II. mais magro ou mais gordo? definitivamente mais gorda.
III. mais rico ou mais pobre? mais rica, eeeeeee.

+ O que você queria ter feito mais?
fotos e viagens.

+ O que você queria ter feito menos?
gastos inúteis.

+ Como vai passar o reveillon?
na praia de Cabo Frio.

+ você se apaixonou em 2003?
felizmente, não.

+ Quantos ficantes?
Acho que passei da fase de achar graça em ficadas. Entreter algum beócio noturno para quem eu serei mais um número na lista de bocas da noite? Não.

+ Qual foi seu programa de TV favorito?
TV Fama, eeeeeee!!!
Nah, mentira. Nada digno de nota na TV, really.

+ Você odeia alguém hoje que não odiava há um ano?
Hm… Acho que felizmente, não. Meus ódios se mantiveram constantes, o que já pode ser considerado um avanço.

+ Você gosta de alguém hoje que odiava há um ano?
Sim, sim – vejam como eu estou melhorando como pessoa, não passei a odiar ninguém e ainda tolero quem odiava, haha.

+ Qual foi o melhor livro que você leu?
Não sei se dá pra citar aqui por ser meio barra pesada, embora não seja pornô, haha. Aliás foi o único que li, mas gostei.

+ Qual foi a sua maior descoberta musical?
Aprendi a parar de renegar meus gostos estranhos.

+ O que você quis e conseguiu?
Uma câmera digital.

+ O que você quis e não conseguiu?
Um propósito para a minha vida.

+ O que você fez no seu aniversário?
Foi um aniversário triste…

+ O que teria feito o seu ano infinitamente melhor?
Mais dinheiro.

+ Como descreveria seu modo de se vestir em 2003?
Roupas feitas em casa, sapatos coloridos, roupas pretas, jeans largos, vestidinhos, acessórios improvisados, enfim – o de sempre.

+ O que manteve a sua sanidade?
O meu bom senso.

+ Qual celebridade você mais admirou?
Não ligo para celebrities.

+ Qual episódio da política que te deixou mais puto?
Sem chance de lembrar do que quer que seja relativo a política, agora.

+ De quem sentiu falta?
Acho que de ninguém, de verdade. Estou conseguindo destruir vínculos humanos.

+ Quem foi a pessoa mais legal que você conheceu?
Pessoas geralmente não são legais. Ahn, ok: me dou por feliz por ter mantido as velhas pessoas legais.

+ Diga uma lição valorosa que aprendeu em 2003:
Viver a vida. Ela pode ser tirada de você antes que perceba.

Repetindo o que eu disse lá: Bebam muito, comam muito, porque viver é o momento presente – e não ficar remoendo o passado ou fazendo resoluções de fim-de-ano que talvez você nem tenha tempo de cumprir. Vejo vocês ano que vem.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s